quarta-feira, 15 de março de 2017

Turismo Industrial na BTL




De 15 a 19 de março, todos os que nos visitarem, na BTL, poderão conhecer melhor o Turismo Industrial de S. João da Madeira. 
Este ano estaremos numa representação conjunta com os 6 municipios integrantes na Associação de Terras De Santa Maria. 
Várias degustações e harmonizações gastronómicas que terão lugar no pavilhão 1 - stand Turismo do Porto e Norte, balcão S. João da Madeira | Terras de Santa Maria.

Os mais novos poderão descobrir destinos novos, nos dias 18 e 19, através do ‘BTL Kids Route’, dedicado às crianças dos 6 aos 12 anos.


 


terça-feira, 7 de março de 2017

Marca de calçado PERKS em destaque no "Você na TV"

O nosso parceiro com a sua nova marca de calçado PERKS em destaque no programa Você na TV com a marcada presença de Manuel Luís Goucha - TVI amante do calçado Evereste.
Gostava de ver como são produzidos estes e muitos outros modelos de sapatos? Então é fácil!
Agende já a sua visita través do Turismo Industrial de #sãojoãodamadeira e percorra os corredores de produção de várias fábricas do nosso concelho!


domingo, 26 de fevereiro de 2017

Turismo Industrial presente no Carnaval das Escolas


90 anos da cidade!
Era o tema do carnaval das escolas de #saojoaodamadeira
A indústria não faltou em quase todas as representações e o turismo industrial também não!

A comunidade educativa respondeu em massa, com mais de 1700 participantes e foi bom percebermos que a cidade identifica bem a nossa marca e identidade local.
Somos cidade do trabalho, do labor, da industria e de turismo industrial.
Obrigado a todos!
Obrigado por nos fazer acreditar, cada vez mais, que foi, sem dúvida, uma boa aposta!
Os nossos parceiros, Viarco PortugalFEPSA - Felt HatsHeliotextil, S.A.HelsarCohibas PortugalPERKS (Evereste), Centro Tecnológico do Calçado de PortugalAcademia de Design e Calçado e Cortadoria Nacional do Pêlo, agradecem a vossa participação e menção ao nosso projeto!



 


terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Visita do Presidente da Câmara do Maio ao município


Na passada 5ª e 6 Feira, 16 e 17 de fevereiro, uma delegação da Ilha do Maio, Cabo Verde, cidade geminada com S. João da Madeira, visitou diversos equipamentos e projetos municipais. Desde a Torre da Oliva, com visita às empresas Viarco e Evereste, do Turismo Industrial, passando pela Águas de S. João, Museu do Calçado, Museu da Chapelaria, Oliva Creative Factory, com passagem por alguns projetos ali incubados, e visita ao Núcleo de Arte
No último dia a visita iniciou-se no Quartel Operacional dos Bombeiros Voluntários, onde foi oferecida uma ambulância para a proteção civil da Ilha do Maio, tendo terminado a passagem pela nossa cidade com uma incursão pelos dois edifícios da Sanjotec, e o contacto com algumas das empresas.


  




75º aniversário da Evereste

No passado sábado dia 18, o nosso parceiro Evereste comemorou o seu 75º aniversário.

Fazem parte do grupo restrito de empresas que aceitaram o desafio do Município de S. João da Madeira de abrir as portas e partilhar com todos como nasce um sapato.
Empresa de confecção de calçado de cariz familiar apresenta-se, hoje, na sua 4ª geração com uma alma revigorada. 
Através do Projecto do Turismo Industrial, integram o circuito de visitas guiadas à Indústria Viva.
Segundo a empresa "é a nossa forma de contribuir para a preservação da memoria colectiva de um ofício tradicional da nossa região ao mesmo tempo que colaboramos na transmissão de conhecimentos inter geracionais."
Obrigado Evereste Cohibas Portugal is now PERKS.
Deixamos o registo fotográfico deste dia com imagens de Carlos Santos Fotografia.


sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Lançamento do novo website do Turismo Industrial

É com grande orgulho que anunciamos o lançamento do novo website do Turismo Industrial!
O Turismo Industrial tem desde hoje uma cara nova na web. Apresentamos um website renovado, com novas funcionalidades, com uma apresentação moderna e com uma navegação mais intuitiva.
O novo site pretende ser mais um passo na constante melhoria da nossa comunicação com os nossos visitantes. A partir de hoje pode aceder a conteúdos sobre a cidade, os museus, as exposições, os eventos e pedir diretamente o agendamento das suas visitas através do nosso site.

Com o objetivo de consolidar a nossa presença online, o novo site está totalmente integrado com as redes sociais, Facebook, Instagram e Blogger e permite atualizar e informar os seguidores sobre os nossos parceiros e sobre toda a atividade cultural e turística de S. João da Madeira.
Para uma cidade mais próxima do seu visitante.
Sejam bem vindos à nossa nova casa!


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Exposição na Viarco



O Bichinho de Conto lançou o livro "A Raínha das Cores" ilustrado pela Jutta Bauer e neste momento está em exposição pelas várias secções da fabrico na Viarco Portugal. Para visitar esta exposição/instalação Agende a sua visita através do Turismo Industrial.


 


segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Evereste lança nova marca

A comemorar 75 anos de vida, a empresa sanjoanense de calçado Evereste Cohibas Portugal lança a Perks, uma marca com os olhos postos na exportação.
Esta semana a empresa, que faz parte dos circuitos do Turismo Industrial em S. João da Madeira, esteve em destaque na edição do Expresso.


Workshop de feltragem de chapéus

Dinamizado pela artista e designer AnaRita de Albuquerque, realiza-se no próximo sábado, 11 de fevereiro, entre as 10h00 e as 17h00, o nosso parceiro Museu da Chapelaria, um workshop que promove a técnica de feltragem com água e sabão para produção de um chapéu.
AnaRita de Albuquerque é artista têxtil e designer. A sua obra estende-se por géneros variados, desde a arte de trabalhar fibras de lã, com água e sabão, até à criação de tecnologia Wearable através de técnicas ligadas à fabricação digital. Apresenta o seu trabalho em diversas publicações portuguesas e estrangeiras relacionadas com “textil hacking” e arte têxtil, e participa regularmente em palestras, exposições e eventos por todo o país e no estrangeiro.
Valor da inscrição: 55,00€ | inclui todos os materiais para a produção de um chapéu e visita guiada ao Museu da Chapelaria
inscrições e mais informações pelo 256 201 680 ou museu.chapelaria@gmail.com


sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Espetáculo Lullaby


Ao fim de 5 anos de turismo industrial muitos foram os sorrisos que estes funcionários e administradores, das empresas parceiras, receberam dos nossos visitantes. Agora é tempo de retribuir! 
Espetáculo Lullaby


Espetáculo Lullaby


Integrado nas comemorações do 5º aniversário do Turismo Industrial em S. João da Madeira, hoje, 27 de janeiro, às 21h30, realiza-se o espetáculo clown Lullaby, no piso 2 da Torre da Oliva.

Venha conviver e apagar as velas com a equipa que já recebeu cerca de 102 mil visitantes, em mais de cinco mil visitas realizadas aos diferentes núcleos que fazem parte deste projeto.



quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Exposição Vestidos de Chita

O Turismo Industrial de S. João Madeira está a comemorar cinco anos de existência, ao longo dos quais recebeu cerca de 102 mil visitantes, com mais de cinco mil visitas realizadas aos diferentes núcleos que fazem parte deste projeto. Para assinalar a data, lançou o desafio à formadora e formandas do curso de costura promovido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) de S. João da Madeira, que está a decorrer na Torre da Oliva, a costurarem vestidos de chita. O resultado são 16 vestidos produzidos com recurso a tecido alusivo à chita e inspiração nos anos 60. Os trabalhos estão agora expostos, numa exposição inaugurada ontem, 23 de janeiro, na Torre da Oliva, numa evocação aos populares concursos que eram organizados pela histórica empresa Oliva.

 
 

sábado, 21 de janeiro de 2017

Visitas 5º aniversário do Turismo Industrial

Na próxima semana o Turismo Industrial comemora 5 anos e organizou um programa de 5 dias de visitas gratuitas. Alguns grupos já estão completos mas ainda há lugares. Agende a sua visita a partir de segunda feira.

    


quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Turismo Industrial deixa marcas na rua junto à Torre da Oliva


Iniciativa realizou-se a 14 de janeiro (sábado), no âmbito do 5.º aniversário este programa municipal que envolve instituições e empresas da cidade de S. João da Madeira.

O Turismo Industrial em S. João da Madeira completa cinco anos no dia 23 de janeiro. As comemorações deste 5.º aniversário começaram já a 14 de janeiro, com uma atividade que evocou o facto de, no âmbito deste programa do município sanjoanense, os trabalhadores das empresas aderentes terem deixado importantes marcas na memória dos mais de 100 mil visitantes que por aí passaram desde o início de 2012.

Com o título “Deixar Marca”, esta iniciativa consistiu na pintura de imagens alusivas à indústria, no troço da Rua Oliveira Júnior junto ao edifício da Torre da Oliva, onde se situa o Welcome Center do Turismo Industrial de S. João da Madeira.

Esta é uma das mais emblemáticas artérias da cidade, antiga estrada nacional n.º 1, que tem o nome de um grande empreendedor e empresário sanjoanense: Oliveira Júnior, fundador da Empresa Industrial de Chapelaria, onde hoje funciona o museu dedicado a este setor de atividade.

Assim, funcionários das empresas e instituições do Turismo Industrial, bem como muitos outros cidadãos, envolveram-se ativamente nesta iniciativa e participaram na gravação de um vídeo promocional deste programa turístico.

Cinco dias de visitas gratuitas a partir de 23 de janeiro

Refira-se ainda que, a partir de 23 de janeiro, data oficial do aniversário do Turismo Industrial, haverá 5 dias de visitas gratuitas, sendo que no dia 26 estará disponível tradução simultânea das para surdos e será inaugurada uma exposição de 18 vestidos de chita, numa alusão aos populares concursos sobre esse tema que há muitos anos eram organizados pela antiga empresa Oliva, onde deram fabricadas as populares máquinas de costura com o mesmo nome..

As comemorações encerram a 27 de janeiro, às 21h30, na Torre da Oliva, com Lullaby, num espetáculo muito especial que promete fazer sorrir muito.

Para além de dar a conhecer instituições como o Museu da Chapelaria, o Museu do Calçado e o Nucleo de Arte da Oliva Creative Factory, o programa de Turismo Industrial de S. João da Madeira proporciona visitas a fábricas da cidade durante a sua laboração, bem como à Academia de Design e Calçado e ao Centro Tecnológico do Calçado de Portugal.

  

O que dizem sobre nós...

In Jornal Labor



segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

5º Aniversário do Turismo Industrial em S. João da Madeira


É no mês de janeiro que o Turismo Industrial comemora o seu 5º aniversário e será durante este mês que realizaremos diversas atividades para o público em geral.

Deixaremos marcas indeléveis numa das ruas mais importantes comercialmente para a cidade nos últimos 90 anos da sua existência e teremos como sempre visitas gratuitas para todos!
Este ano, e por alusão à temática do dia Mundial do Turismo: “Turismo para TODOS – promover a acessibilidade universal”, será introduzida uma novidade nas visitas aos Turismo Industrial, sendo que teremos visitas orientadas às empresas para pessoas com deficiência ao nível auditivo. 
Não se esqueça de agendar previamente as suas visitas!
As inscrições são limitadas.


Contactos: turismoindustrial@cm-sjm.pt ou 256 200 204

Deixar Marca


S. João da Madeira, ao longo dos últimos 5  anos, deixou marcas importantíssimas na memória dos nossos visitantes,  queremos agora também marcar a rua que tanto dignifica a nossa cidade.
Tanto pelo espírito empreendedor do empresário Oliveira Júnior, bem  como, pela importante via comercial que foi a Estrada Nacional nº1 para  todas as empresas da região.
Agora, no âmbito do 5° Aniversario do Turismo Industrial vamos tornar a rua Oliveira Júnior a mais industrial de sempre!
Vamos pintar a rua com a utilização de stencils alusivos à indústria, nomeadamente, rodas dentadas.

PÚB. Geral
ENTRADA Gratuita
+ INFO www.turismoindustrial.cm-sjm.pt
Contactos: turismoindustrial@cm-sjm.pt / 256 200 204
ORG. Turismo Industrial

5 anos, 5 dias de visitas gratuitas


O Turismo Industrial de S. João da Madeira comemora, este mês, 5 anos!

Este ano, e por alusão à temática do dia Mundial do Turismo: “Turismo para TODOS – promover a acessibilidade universal”, será introduzida uma novidade nas visitas ao Turismo Industrial, sendo que teremos visitas orientadas às empresas para pessoas com deficiência ao nível auditivo. Propondo um dia de visita com a tradução simultânea para língua gestual.
Programa sob consulta.

PÚB. Geral – Grupos de 20 a 25 pessoas
ENTRADA Gratuita – mediante marcação prévia para turismoindustrial@cm-sjm.pt

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O que dizem sobre nós...

A escola das Ribeiras visitou-nos e os seus alunos fizeram um pequeno trabalho sobre a visita à Viarco. Veja o que os alunos escreveram e marque a sua visita à Industria através do email turismoindsutrial@cm-sjm.pt.


"A visita de estudo à Viarco


No dia 10 de novembro, fomos visitar a fábrica de lápis Viarco. A Núria e a Cátia, no 2º ano, fizeram o Projeto de Pequeno Grupo (P.P.G.) “Como se fazem os lápis de cor?”, propuseram-nos fazermos uma visita de estudo a uma fábrica de lápis e nós aceitámos!

Demorámos 45 minutos a chegar à Torre da Oliva, onde se concentram as visitas de estudo. Nós vestimos as batas e fomos para a fábrica de lápis Viarco com a nossa guia Mariana.

A professora tirou-nos uma fotografia. Fomos ver um vídeo sobre a Viarco. Aprendemos que a Viarco é antiga, pequena e não tem as máquinas a trabalhar todas ao mesmo tempo.
A Viarco tem 109 anos, mais do que um século! A História da Viarco cruza-se com a História de Portugal.


 




Calçámos os sapatos de plástico azul e fomos ver a fábrica!

Entrámos numa sala onde se transforma a grafite em mina. Este processo demora 7 semanas! Vimos muitas máquinas, algumas muito antigas, e só três senhores. Nesta sala estava o senhor Américo, o trabalhador mais antigo da Viarco.

A segunda sala era maior, mas tinha o mesmo número de trabalhadores: três. O Tiago estava a aromatizar lápis, a Celeste estava a trabalhar numa máquina com lápis mais finos e a Esmeralda estava a ver se os lápis estavam perfeitos.

Na terceira e última sala vimos: uma senhora junto de uma máquina que pintava lápis, uma senhora numa máquina a imprimir letras e desenhos nos lápis (numa hora imprime uma grosa!) e duas senhoras muito simpáticas, a Sandra e a Fátima, a embalar lápis perfumados. O lápis demora 3 meses a ser produzido!

Finalmente chegámos à melhor parte: a loja!


Na loja vimos, brincámos e experimentámos vários lápis: XL, pastel tipo lápis de cera que também podemos pintar com água, “copianço”, lápis íman, massa de grafite que podemos moldar, e… o lápis pião!

Ficámos a saber que há símbolos para os daltónicos saberem as cores que estão a usar: ColorADD.


Portámo-nos bem e recebemos um lápis Viarco só para visitantes!
Texto coletivo 
concluído a 23/11/2016"

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Sabias que...


A necessidade de aquecer os pés no inverno, levou com que os povos colocassem pelo entre o pé e o sapato. Assim, com a fricção do caminhar e a transpiração, o pêlo tornava-se mais espesso e resistente, formando um pequeno feltro. Criando o processo de feltragem. 
Ao longo dos anos, a técnica de feltragem tem sido aperfeiçoada e a maquinaria melhorada de modo a facilitar este processo.
A feltragem é utilizada para a produção de chapéus de pelo, utilizado nos dias de hoje.
Nos circuitos pelo Património Industrial, pode acompanhar os processos de tratamento do pelo, na Cortadoria Nacional do Pêlo, e também a produção dos feltros para os chapéus, na Fepsa. No Museu da Chapelaria, pode conhecer o processo produtivo e ainda a história chapeleira de S. João da Madeira.

Marque a sua visita através do Turismo Industrial, pelo email turismoindustrial@cm-sjm.pt.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Welcome Center - Jogos didáticos

No Welcome Center do Turismo Industrial podem encontrar jogos didáticos para os mais pequenos, a temática destes jogos está ligada ao Turismo Industrial.


Neste jogo surgirão aleatoriamente personagens que usam chapéus característicos: Um polícia, um mágico, uma bruxa, um cowboy, uma enfermeira...
Inicialmente haverá uma personagem e dois chapéus. O utilizador terá que escolher o chapéu certo e arrastar para a personagem. Se escolher o chapéu errado o tempo diminui e são descontados pontos. Se escolher correctamente, amealha pontos(mais rápido,mais pontos) e passará ao próximo nível.
No segundo nível serão duas personagens e três chapéus, e assim sucessivamente. Em suma, haverá sempre um chapéu a mais e o próximo nível só é alcançado quando todos os chapéus estiverem na cabeça das respectivas personagens, dentro do tempo de jogo.
As personagens terão elementos gráficos e balões animados com frases que desafiam e dão feedback ao jogador, caso este erre, acerte ou esteja 30 segundos sem interagir e existem sons associados ao sucesso ou insucesso da acção do jogador.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Sabias que..


O aparecimento dos sapatos, surgiu nos nossos antepassados com a necessidade de proteger os pés. Utilizavam-se diversos materiais, como couro cru, tecidos, palha e madeira. O tipo de sapato dependia dos povos e das regiões onde se encontravam, adaptavam-se ás necessidades e ao clima.
Esta arte foi aperfeiçoada ao longo dos anos, sendo que as máquinas apareceram no Século XIX para ajudar na confeção dos sapatos.
Atualmente, a maquinaria é uma grande ajuda na produção do calçado, sem nunca dispensar os artesãos que acompanham este processo.

Pode apreciar esta arte, visitando as nossas empresas de Calçado, Helsar e Evereste, através do Turismo Industrial, enviando um email para turismoindustrial@cm-sjm.pt.